Congregação IMeL Pindamonhangaba

Movendo Pela Fé

Entrevistados: Nelson, Mario Adachi, Samuel Onoda. Colaboração no texto Pr. Daniel Abe

16 de novembro de 2020

"Quando Deus começa uma obra ele finaliza, começamos sem dinheiro e humanamente parecia que não iria dar para construir, mas, quando  agente confia Deus executa!"

Existem registros de evangelização na Serra da Mantiqueira desde a década de 50. Em Sto. Antônio do Pinhal alguns se lembram da visita de uma missionária americana Metodista Livre que vinha a cavalo de Campos do Jordão. Há também relatos de pastores e evangelistas que visitavam os sítios de imigrantes japoneses por todo o Vale do Paraíba.

O membro Metodista Livre mais antigo de Pindamonhangaba é o Sr. Takahashi que, mais de quarenta anos atrás, saía de seu sítio aqui e descia de ônibus na Rodovia Dutra para ir aos cultos em São José dos Campos.

Fachada da igreja

Visitas do pastor Kiyohiko Amakawa organizando pequenos grupos em reuniões domésticas e visitas aos crentes da cidade, mas, depois de algum tempo as reuniões arrefeceram. Pastor Oshima visitou cerca de trinta famílias de japoneses no esforço de evangelização dos imigrantes.

EBD adolescentes

EBD crianças

A igreja de Pinda é fruto de pessoas que se moveram por fé, crendo no propósito de Deus para o estabelecimento de uma igreja local.

Os cultos formais em Pinda passaram a ocorrer nas casas entre 1997 e 1998, num trabalho da IMel São José dos Campos com o pr. Gladistone e colaboradores, o grupo da Igreja Metodista Livre e outro grupo do mesmo tamanho, oriundos das Assembleias de Deus, unidos por relações familiares e pela visão de Deus para ser igreja.

O primeiro culto no Largo do Cruzeiro aconteceu em 23 de Abril de 2000, depois de alguns anos, a igreja adquiriu atual terreno e construiu por fé um templo, começando a se reunir nas novas instalações em 23 de Novembro de 2007, com os pastores Augusto e  depois o pastor Orlando.

Local para construção do templo

Atualmente a igreja de Pinda conta em sua liderança com dois diáconos, Samuel e Mário, também com o responsável local, Nelson, e o delegado Bruno, além dos tesoureiros e outros líderes.

Igreja reunida na EBF

Dois Candidatos ao ministério tem sido levantados por Deus com o desejo de servir ao Senhor  como pastores, no cuidado e liderança da Igreja Metodista Livre, foram recebidos como Candidatos do Concílio neste ano de 2020, seus nomes são Lucas e Jonas. Antes da pandemia, contando com crianças, reuniam-se dominicalmente cerca de setenta pessoas.

Tentamos alcançar crianças, através de brinquedotecas e Escola Bíblica de Férias e através destas atividades abrem-se as portas para visitar os pais e familiares, mas, muitas pessoas não vem para a igreja, mesmo sendo convidadas...

Distribuímos bíblias para as casas ao redor da igreja, mas, não houve muito fruto visível, parece que através do relacionamento pessoal, semeando no trabalho pode haver mais possibilidades de evangelização.

Continuamos com os cultos online, as células, nesta época da pandemia, pararam de funcionar e estamos esperando o dia em que poderemos nos reunir presencialmente de novo.

Culto infantil

Jonas e Lucas, candidatos ao ministério, e adolescentes

"Nossa igreja é bem acolhedora, sinto como se todos fossem da mesma família, uma grande família da igreja."

  • Construção de um templo quando for o tempo de Deus

  • Levantar pastores no meio da Igreja e que o Concílio também possa enviar algum pastor para Pinda.

  • Sabedoria para desenvolver, para ir em frente e progredir.

  • Para que as pessoas, a igreja, continuem a buscar o batismo do Espírito Santo.

Ore conosco pela igreja de Pindamonhangaba:

  • Gratidão pelo auxílio de uns para com os outros e da igreja na ajuda financeira em relação ao próximo.

  • Gratidão por Deus levantar dois Candidatos ao ministério pastoral.

  • Gratidão pela presença de Deus sendo sentida e percebida nos cultos.

Motivos de agradecimento:

Texto da Revista de Oração de 2017

PINDAMONHANGABA | São Paulo

 

Endereço:

R. Manoel de J. César

Pq. Das Nações - 12420-408

Pindamonhangaba – SP

 

 

PEQUENO HISTÓRICO

Existem registros de evangelização na Serra da Mantiqueira desde a década de 50. Em Sto. Antônio do Pinhal alguns se lembra da visita de uma missionária americana metodista livre que vinha a cavalo de Campos do Jordão. Há também relatos de pastores e evangelistas que visitavam os sítios de imigrantes japoneses por todo o Vale do Paraíba.

 

O membro metodista livre mais antigo de Pindamonhangaba é o Sr. Takahashi que, mais de quarenta anos, saía de seu sítio aqui e descia de ônibus na Rodovia Dutra para ir aos cultos em SJCampos.

 

Os cultos formais em Pinda passaram a ocorrer nas casas entre 1997 e 1998, num trabalho da IMel SJCampos com o pr. Gladistone e colaboradores. O primeiro culto na sala da Praça Francisco Romeiro, 43 (Largo do Cruzeiro) aconteceu em 23.abr. 2000. Os cultos no atual templo começaram em 23.nov.2007, com os pastores Augusto e Orlando.

PLANOS E PROJETOS FUTUROS

Construção do templo.

membros
membros
igreja
igreja